Amor · Coisas que me fazem feliz · Esperança

Edição Especial

Bobi Caju Tofu

 

Bom dia, Mundo!

Este post é uma edição especial porque não vou partilhar convosco uma das minhas receitas… Mas para vos compensar, partilho convosco a história do Bobi Caju Tofu. (Para simplificar vou-me referir a ele só como Caju!)

O Caju é um cachorro de raça Podengo Português de Pêlo Cerdoso e foi encontrado pela minha amiga Cláudia Maranhoto na noite chuvosa de 05 de Março.

Estava faminto, cheio de feridas (provavelmente de ter andado à luta com outros animais), num estado de magreza que até doía olhar para ele… mas mesmo muito assustado, deixou que se aproximassem dele.

18136113_1431398233547901_453369931_n

A Cláudia não ficou indiferente e trouxe-o provisoriamente para casa dela.

Nessa mesma noite tentamos arranjar-lhe um dono colocando anúncios em redes sociais, nos nossos blogues e na clínica Companhia das 4 Patas, mas até agora sem grande sucesso.

O Caju foi no dia seguinte ao veterinário para se confimar o seu estado de saúde, se tinha chip, para tratar as suas feridas e ser desparasitado.

Seguiram-se boas e más notícias: o Caju estava de perfeita saúde (apesar do mau estado) e confirmou-se a existência de chip com registo do seu dono. Foi logo contactado mas este não se mostrou nada entusiasmado em tê-lo de volta – “Ah… já mo roubaram há tanto tempo, há ai uns 6 meses… é que sabe, sou caçador e agora já tenho outros!”.

Já sei que vão ficar muito revoltados (da mesma maneira que eu e a Claúdia ficámos), que devíamos fazer queixa na polícia, que devíamos obrigar o dono a ficar com ele ou  a pagar as contas dos tratamentos e comida… mas isso não resolve o problema de base: o Caju precisa de um dono. É só isso que queremos! Alguém que queira muito ficar com ele, que o ame e o mime.

Ainda fomos contactadas por um senhor que mostrou interesse em ficar com ele, mas na data e hora marcada para o conhecer… simplesmente não apareceu.

O Caju é só a coisa mais fofa do mundo!

É ainda muito jovem, muito trapalhão, é muito assustado mas derrete-se com mimos.

Por isso o que vos peço é que façam parte deste processo de adopção: se não puderem adoptar o Caju, partilhem este post. Partilhem muito!!! Vamos todos encontrar um dono para que o Caju possa ter um lar.

Deixo-vos fotografias da doçura de cachorro que ele é, na esperança que alguém se apaixone.

Este slideshow necessita de JavaScript.

 

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s