Almoço · Receitas Fáceis & Rápidas

(Des)Controlo

14281455_1195326320488428_293658815_n

Passaram 3 meses desde que estou desempregada. E passaram a voar.

Muita coisa aconteceu, mas o que não me sai da cabeça é o facto de que engordei. Sim, engordei.

Podia dizer-vos que não, que é muito fácil estar em casa e controlar o que como, que me mantenho focada, que faço marmitas e me restrinjo. Não, não é verdade.

Acho que de todos os sites blogs que conheço, não houve um único onde tenha lido algo que me pudesse alertar para isto. Em todos eles, o processo e progresso de emagrecimento é contínuo e nunca ninguém teve um retrocesso. (Ou pelo menos foi honesto o suficiente para o confessar).

Em Julho deste ano, cheguei ao peso mais baixo que me lembro de ter: 65,3 kg. Ontem pesei-me e tenho mais 5,7 kg. Como sei que o peso é relativo – os 65,3 kg foram atingidos num mês de pausa do CrossFit, onde posso ter perdido massa muscular, e os 71 kg que tenho agora podem-se dever ao facto de não ter bebido água nas últimas duas semanas (retenção de liquidos – shame on me!) e de ter voltado aos treinos e ter recuperado alguma massa muscular,  então medi-me. O resultado foi o que eu esperava, apesar de secretamente ter esperança de um milagre: Estou, de facto, mais gorda.

E assim, numa manhã de segunda-feira tomei consciência do que (in)conscientemente já sabia. (À tarde também se confirmou, quando fui fazer o meu controlo de INR e a enfermeira diz num tom amável “Da última vez estava mais magrinha, não estava?” – Por segundos só me apeteceu acertar-lhe com a seringa na jugular. Depois rapidamente voltei á realidade e sorri, concordando.

Pois bem, não me vou choramingar nem reclamar como a vida é injusta, dizendo que “já me bastava estar desempregada e estar preocupada com a procura de emprego e agora isto”, porque facto é que me descontrolei. Comi, bebi e relaxei. Vou novamente focar-me, ter o controlo e provar que é possível perder peso, mesmo na época das Festas.

E parte desse meu controlo, fazem estas almôndegas maravilhosas que comi ao almoço.

Almôndegas de Feijão
Ingredientes (para 6 a 8 almôndegas)

2 canecas de feijão manteiga cozido;

1 cebola picada;

1 cenoura ralada;

1 dente de alho picado;

2 colheres de sopa de farinha de grão-de-bico.

1 raminho pequeno de salsa ou manjericão fresco picados;

Pimenta, açafrão e colorau q.b.

 

Preparação

Esmague o feijão grosseiramente com as mãos ou com o auxílio de um garfo.

Junte os restantes ingredientes, à excepção da farinha de grão-de-bico e envolva até obter uma massa homogénea.

Acrescente a farinha e incorpore até que a massa fique compacta e moldável. (Se necessário, acrescente mais um pouco de farinha de grão-de-bico).

Molde as almôndegas e guarde-as num tabuleiro no congelador.

Nota: Costumo fazer as almôndegas estufadas com molho de tomate. Não necessitam de ser descongeladas antes de serem cozinhadas.

 

 

 

 

Advertisements

4 thoughts on “(Des)Controlo

  1. Ana, em primeiro lugar aviso já que vou fazer esta receita, parece de facto óptima!:) Em segundo lugar, parabéns pela coragem do teu post, que sirva para assumires e reflectires o teu compromisso contigo própria (e só ctg) e apesar de não perderes o teu foco não te tornes demasiado exigente contigo própria, tás no bom caminho!! beijoka boa

    Gostar

    1. Obrigada, Lili pelos dois elogios. Sim, é um compromisso comigo, apenas. Acho importante partilhar esta altura em que as coisas se descontrolaram, mas que na verdade têm uma solução. Tristes e devastadoras são as coisas más que nos acontecem e não têm de todo uma solução! Um beijinho grande.

      Gostar

  2. Que post tão sincer é assim mesmo, devemos ser sinceros para também mostrarmos que não existem situações e decisões perfeitas. O importante é mesmo darmos sempre o melhor de nós, deitarmos no lixo o que não nos convém, sabermos que temos de reforma os nossos defeitos e as nossas dificuldades. E quando trazemos isto à praça pública, vai sempre ajudar alguém que também está a lutar. Parabéns pelo post.
    É engraçado que estou a viver exactamente a mesma situação mas comigo foi ao contrário, como tenho mais tempo estou a conseguir baixar o peso. Bjnhs

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s